Santa Catarina exporta 28,65 mil t de carne suína e bate recorde

Foram 28,65 mil toneladas vendidas para outros países, o melhor resultado já registrado num único mês em Santa Catarina

Exportações catarinenses de carne suína batem recordes em agosto.  Foram 28,65 mil toneladas vendidas para outros países, o melhor resultado já registrado num único mês em Santa Catarina. O crescimento foi motivado pelo aumento nas exportações de carne suína para Rússia e deve se repetir  em setembro, que já registra embarques acima da média.

A quantidade de carne suína exportada em agosto (28,65 mil toneladas) foi 12% maior do que no mês anterior e quase 23% superior ao resultado obtido no mesmo período de 2016. As receitas também trazem números favoráveis: foram US$ 66 milhões em faturamento – um incremento de 20% em relação a julho e de 22,5% se comparado com agosto de 2016.

Os principais destinos das exportações de carne suína catarinense foram Rússia, Hong Kong, China, Chile e Cingapura, que juntos responderam por 82,65% das receitas. E, enquanto a China reduziu as importações de carne suína catarinense, a Rússia ampliou as compras em 46,17% gerando uma receita 75,13% maior em relação ao mesmo período do ano passado.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, comemora o desempenho da suinocultura catarinense e espera um crescimento ainda maior das exportações nos próximos meses. “Nós queremos ampliar nossa participação em alguns mercados, como é o caso da China, que já é um grande comprador de carne de frango. A carne produzida em Santa Catarina tem um grande diferencial: a qualidade dos nossos rebanhos. Somos reconhecidos internacionalmente como área livre de febre aftosa sem vacinação o que dá muita credibilidade para o produto catarinense”, ressalta.

As duas primeiras semanas de setembro já dão uma prévia de que o mês será de bons resultados para a suinocultura catarinense. A média diária de embarques de carne suína in natura produzida no Brasil é 63,3% maior do que em agosto e o faturamento aumentou em 62,9%.  Como Santa Catarina é o maior exportador nacional de carne suína, os índices devem ter reflexo positivo no estado.

Para carne suína, o ano de 2017 está sendo de crescimento constante nas vendas. Desde janeiro, Santa Catarina exportou 191 mil toneladas, arrecadando mais de US$ 451,5 milhões. Em relação ao mesmo período de 2016, o incremento foi de 33,9% na receita e de 6,7% na quantidade. Ao longo deste ano, Santa Catarina já exportou carne suína para 50 países.

Fonte:Suinocultura Industrial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *