Mesmo com embargo russo, volume de exportação para o país cresce

Rússia fecha o ano de 2017 como maior importador de carne suína brasileira

Mesmo com as proibições apresentadas pelo governo russo, o país importou 250,9 milhões de toneladas de carne suína brasileira em 2017. Os valores deixam a Rússia como principal importador da proteína nacional. As informações foram apresentadas pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Entre janeiro e novembro, a região importou 250,9 milhões de toneladas ante os 231 milhões registrados em 2016, contradizendo as preocupações dos embargos para o país. Com isso o crescimento russo marcou um crescimento de 8% se comparados aos valores de 2016.

Outro destaque para as exportações de carne suína brasileira foi à Argentina, que importou 29,2 milhões de toneladas da proteína, um crescimento de 32% ante os valores registrados em 2016 de 22,1 milhões de toneladas.

,

Fonte: Suinocultura Industrial

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *