A proteção é uma obrigação de todos

      Nenhum comentário em A proteção é uma obrigação de todos

Já não é segredo para ninguém que estamos vivendo a maior crise que o mundo há tempos não via, passamos separadamente por crises biológicas e econômicas, mas em nenhuma das anteriores fomos obrigados a nos manter reclusos em casas para não piorar a situação.

Muitas empresas vitais para o bom andamento do nosso dia a dia, continuarão trabalhando para que nossos mercados estejam abastecidos e com isso possamos ficar menos preocupados com o andamento da quarentena.

Abaixo gostaria de compartilhar com vocês algumas medidas que os Técnicos de Segurança da sua empresa, juntamente com a CIPA e a diretoria pode fazer para garantir que tudo continuará caminhando.

A função dos CIPEIROS é ser os olhos do técnico de segurança e avisar quando algo não está bem ou quando algum funcionário está se colocando ou pondo os demais companheiro de trabalho em risco.

As medidas são simples e vai ajudar a manter o andamento da produção e do abastecimento da população:

1 – Se já não tiver; espalhe cartazes com a forma adequada de lavar as mãos, e sempre tenha uma Técnico de Segurança ou CIPEIRO na entrada e saída do turno lembrando os colaboradores.

2 – Toda manhã faz uma pequena palestra com os seguintes temas:

  1. Higienização das mãos;
  2. Distancia entre os colaboradores durante o processo;
  3. Uso de EPI’S e quando os trocar;
  4. Cobrir o rosto quando Tossir ou Espirrar;
  5. Ventilação das áreas de trabalho;
  6. Evitar o contato com pessoas com suspeita de contagio;
  7. Auto exclusão.

3 – Tenha monitoramento dos funcionários, atualmente é fácil averiguar se um funcionário apresenta febre com a utilização de termômetros de infravermelho, tenha uma equipe monitorando a entrada dos funcionários;

4 – Na ausência de máscaras descartáveis ou com filtros, há opção de máscaras de panos, esse tipo de máscara pode ser higienizado e utilizado novamente;

5 – Troque o uniforme todos os dias, na indústria de alimentos esse já é um procedimento padrão, mas transportadoras, centros de distribuição e outras ramos de empresas que estão em funcionamento precisam adotar essa prática;

6 – Outro tema importante é não entrar em casa com as roupas que foram usadas no serviço, principalmente sapatos;

7 –  E por último e não menos importante o álcool gel, ele é importante, mas não é o único que elimina os vírus, na falta de álcool gel na empresa, intensifique a higienização das mãos, evite ficar passando as mãos nos olhos bocas e mantenha uma distancia de segurança de outras pessoas.

Em todas as guerras sempre há aqueles que estarão na linha de frente combatendo o inimigo frente a frente e oferecendo uma chance maior para os que estão na retaguarda e para os civis, sabemos que alguns serão acometidos por alguma infelicidade, mas para o bem de todos o que podemos fazer é respeitar os pedidos de quarentena e ao final de tudo isso reconhecer a bravura daqueles que estavam em batalha.

Para você que é CIPEIRO e TST, vocês são os comandantes de muitas dessas linhas de combate, estejam vigilantes para que todos possam ir e voltar todos os dias para os seus lares e que seus esforços não sejam em vão.

Um abraço a todos que estão na linha de frente e àqueles que estão quarentenando.

Rafael Resende Silva

Eng. de Alimentos e Segurança do Trabalho

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta