Agência americana faz recall em ração após morte de 70 cães

Crédito: Reprodução/Pexels

A agência emitiu um recall nesta segunda-feira, 11, orientando donos de animais a dispensarem o uso de pelo menos cinco produtos diferentes da marca. (Crédito: Reprodução/Pexels)

Segundo a Food and Drug Administration (FDA), equivalente a Anvisa nos EUA, desde o final de dezembro pelo menos 70 cachorros morreram em todo o país após ingerirem ração do fabricante Midwestern Pet Foods.

A agência emitiu um recall nesta segunda-feira, 11, orientando donos de animais a dispensarem o uso de pelo menos cinco produtos diferentes da marca. A suspeita é de que os alimentos estariam contaminados com excesso de aflatoxina , uma substância altamente tóxica para os animais de estimação.

+ EUA: uso de antibióticos em animais de produção aumentou 3% em 2019, diz FDA
+ Ministério da Saúde rebate Pfizer e diz que exigência da Anvisa É a mesma da FDA

Em 30 de dezembro, a Midwestern Pet Foods pediu a retirada de circulação dos produtos da linha Sportmix para cães e gatos, após testes de laboratório relacionarem o consumo com a morte de 28 animais.

De lá para cá, outros casos envolvendo a ingestão de outros produtos foram associados ao óbito de mais 42 mascotes.

“Esta contagem é aproximada e pode não refletir o número total de animais afetados”, diz a FDA.

Uma lista de produtos da Midwestern Pet Food que devem ser evitados inclui:

▪ Pro Pac Adulto Mini Chunk

▪ Pro Pac Performance Puppy

▪ Splash Fat Cat 32%

▪ Melhor manutenção Nunn

▪ Sportmix Cat Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *