BC mantém expectativa de alta de 2,9% para a agropecuária em 2020

O setor agropecuário brasileiro deve registrar um crescimento de 2,9% em 2020. O Banco Central (BC) manteve a expectativa de alta para o segmento, apesar dos impactos da pandemia do novo coronavírus na economia do País. As informações foram divulgadas  dia 26 no Relatório de Inflação, levantamento trimestral da instituição.

O estudo explica que o resultado reflete uma “melhora nos prognósticos para a safra de grãos, compensada por redução moderada na estimativa de crescimento da pecuária, em razão dos impactos da pandemia sobre a demanda interna e externa por proteínas”.

No entanto, a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) caiu de 2,2% para zero. “A alteração da projeção está associada, principalmente, a impactos econômicos expressivos decorrentes da pandemia de Covid-19. Adicionalmente, resultados abaixo do esperado em indicadores econômicos no fim de 2019 e início de 2020 afetaram a expectativa de desempenho da atividade no primeiro trimestre”, destaca o relatório.

Outros setores também registraram queda nas estimativas. O crescimento da área industrial foi reduzido de alta de 2,9% para queda de 0,5%. A indústria extrativa teve recuou de 7,5% para 2,4%, ante expectativa de menor demanda por minério de ferro e petróleo, em cenário de desaceleração mundial. A construção deve apresentar retração de 0,5%. Já para o setor de comércio e serviços, a expectativa é de estabilidade (crescimento zero), ante elevação de 1,7% projetada em dezembro.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *