‘Com certeza diminuirá a exportação de soja aos chineses’…

A representante da agricultura brasileira irá viajar para o país asiático em maio e prometeu conversar sobre a situação da oleaginosa.

Tereza Cristina, ministra da Agricultura, fala sobre Funrural
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Em entrevista depois de reunião com lideranças do setor agropecuário, em São Paulo, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, comentou sobre a viagem internacional que fará no próximo dia 6 de maio com o objetivo de ampliar mercado para produtos brasileiros. Na ocasião, ela destacou sobre as perspectivas que têm sobre as exportações de soja para a China, que será um dos destinos.

Tereza Cristina comentou que falará sobre a soja com os chineses, visto que o governo do país está prestes a fechar um acordo com os norte-americanos – maiores concorrentes do Brasil no fornecimento da oleaginosa ao mundo. No momento, afirma a ministra, o Brasil precisa mostrar que continuará sendo um importante parceiro no setor de grãos.

“Nós vamos falar sobre nossos mercados principais, e a soja é um deles, dado que os Estados Unidos estão fechando um acordo no setor agropecuário”, explicou Tereza Cristina. “O Brasil tem de ir lá e dizer: ‘Estamos aqui, sempre fomos bons parceiros, entregamos o que nos comprometemos, somos confiáveis’. Não podemos deixar o lugar vazio que alguém vem aqui e senta”, afirmou.

Ela relembrou que com o surto da peste suína, também existe a possibilidade de redução nos embarques de soja para a China, pois a necessidade de fabricação de ração do país diminuiu com o abate dos animais. “Com certeza diminuirá a exportação de soja aos chineses, mas vamos agregar valor através das carnes”, acrescentou.

A ministra segue para Xangai, na China, para participar da feira Sial, que acontece entre os dias 14 e 16 de maio. Também há agenda marcada para Pequim, com ela se encontrará com autoridades chinesas.

Fonte: Canal Rural

Deixe uma resposta