Com clima favorável, perspectiva é de boa produtividade para o milho safrinha em Uberlândia (MG)

Chuvas têm beneficiado o desenvolvimento das plantações na região. Em anos com clima benéfico, rendimento médio das lavouras chega a 140 sacas por hectare. Custos estão mais altos devido ao aumento de aplicações por conta da cigarrinha. Saca é cotada a R$ 35,00 na região. Na soja, preços estão próximos de R$ 72,00 a saca e produtividade média deve ficar acima de 65 scs/ha.

Na região de Uberlândia/MG, os produtores rurais seguem com boas perspectivas de produtividade para o milho safrinha, tendo em vista que boa parte do o plantio foi feita dentro da janela ideal e o clima tem contribuído para o desenvolvimento das lavouras.

De acordo com o produtor rural do município, Thiago Soares Fonseca, as condições climáticas têm contribuído para o desenvolvimento das lavouras destinadas ao milho safrinha. “Nós tivemos poucas chuvas, porém a semana inteira teve incidências de precipitações generalizadas em que acumulou mais de 40 milímetros”, afirma.

Na localidade, os agricultores que não conseguiram fazer o plantio de cereal dentro da janela ideal optaram por investir na cultura do sorgo, sendo que os riscos são menores. “Nesta temporada, nós fizemos o plantio dentro do mês de novembro um atraso de 15 dias, na qual acabou refletindo na diminuição da área destinada ao milho devido às questões climáticas”, destaca.

Em anos com clima favorável, os rendimentos dessas áreas podem ficar por volta de 90 a 140 sacas do grão por hectare. Em relação à sanidade das lavouras, os produtores rurais estão fazendo a aplicação de fungicidas contra a cigarrinha.

“Nós estamos percebendo que os agricultores estão fazendo de três até cinco aplicações contra a cigarrinha e ter um controle dessas propriedades. Com isso, os custos de produção ficaram mais elevados com as aplicações de inseticidas”, ressalta.

Comercialização

O preço para o milho disponível gira em torno de R$ 35,00 a saca, mas os produtores não estão fechando negócios na expectativa que as cotações fiquem em patamares melhores. “A grande maioria dos produtores fizeram negociações antecipadas, e assim, está salvando os custos de produção”, diz.

No caso da soja, as referências na semana passada estavam em por volta de R$ 72,00 a saca, em que a produtividade média ficou entre 65 sacas do grão por hectare. “Não são dados oficiais, mas a atual temporada foi um pouco inferior a safra anterior”, finaliza.

Fonte: Notícias Agricolas

Deixe uma resposta