Como Calcular o Custo Produtivo de uma Fábrica – III

Chegamos ao nosso último vídeo de custos, nesse vídeo vamos fazer o fechamento dos valores que calculamos anteriormente.

Para quem estiver utilizando a planilha para fazer os cálculos, é necessário fazer uma pequena modificação na célula B125, o valor da produção tem que ser 1056 Ton e não 1.056.000 como está no vídeo, infelizmente esse detalhe me passou desapercebido.

Neste último vídeo, vou começar falando sobre o que eu chamo de resumo geral, que é a coleta dos resultados de cada setor que calculamos, como na foto abaixo:

Com todos esses valores em mãos já podemos começar a vislumbrar o preço que a nossa ração vai ter ao final do processamento. Esses dois subcampos que criei abaixo do somatório, ele é opcional, na minha visão, acredito que ele é viável e prevê pequenas surpresas que sempre acontecem durante o processamento.

Nessa parte de refugo pode-se acrescentar as varreduras que venho acompanhando ao longo dos últimos anos e muitas empresas não contabilizam esses descartes até o momento em que começa dar grandes diferenças em seus estoques de matéria prima e produto acabado.

A conscientização dos funcionários e a busca por melhores tecnologias tanto de equipamentos quanto de embalagens e insumos ajudam e muito a combater esse pequeno desperdício que sangra o financeiro de muitas empresas.

Dentro do vídeo também mostrei algumas opções de variação de uso da planilha, de uma forma muito simples apenas acrescentando ou retirando valores das células principais, é possível utilizá-la para os seguintes cálculos.

– Custo de produção Total;

– Custo de produção para terceirizados;

– Custo de cálculos operacionais;

Ainda não comentei, mas ainda pode ser feito um cálculo das utilidades que seria (água e vapor) x Mão de Obra, como também poderia ser feito custo somente do setor energético x Mão de Obra.

E no final ainda faço uma tabela comparativa entre as produções de ração de 400 Kg a 10 Ton/h, mostrando a diferença de custo entre as linhas de produção, o que justifica outros vídeos como o Fábrica Pequena é a Solução?, não é para todos os setores e ramos que essa opção será viável e é justamente se baseando nos cálculos da planilha que eu quero que todos os que me seguem possam tomar uma decisão mais consciente.

E para os próximos vídeos quero falar um pouco sobre o frete que é um fator relevante, que também pode impactar no fator de decisão de compra. O que é mais vantajoso, ter uma frota própria ou terceirizar as entregas?

E como tive muitos questionamentos nos últimos meses, vou iniciar uma série de vídeos na qual falarei de cada setor das fábricas de ração separadamente, e fazendo uma análise minuciosa de cada equipamento principal, para isso estarei utilizando uma coletânea de antigos textos que já estão postados no site para fazer esses vídeos mais atualizado.

Um Abraço a todos que acompanharam essa série de vídeos, e continue nos acompanhando, sempre teremos mais novidades e não se esqueça de se inscrever em nosso canal do you tube isso ajuda esse vídeo a chegar a mais pessoas que precisam do conteúdo.

Eng. Rafael RS

Link para o vídeo;

Planilha de Custo;

Como calcular os custos de uma fábrica de ração – I

Como Calcular o Custo Produtivo de uma Fábrica – II

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *