Coopeavi investe R$ 2,5 milhões em expansão de atividades avícolas

, Leandro Fidelis/Ascom Coopeavi
                Leandro Fidelis/Ascom Coopeavi

A avicultura apresentou os melhores resultados da Cooperativa Agropecuária Centro Serrana (Coopeavi) em 2017 e está no foco dos investimentos para a expansão dos negócios em 2018. Estão previstos recursos na ordem de R$ 2,5 milhões, conforme anunciado na Assembleia Geral Ordinária, realizada em Santa Maria de Jetibá, região serrana do Espírito Santo.

O destaque é o segundo grupo do Condomínio Avícola de Postura Comercial, que culminará com a abertura do terceiro galpão para novos alojamentos de poedeiras. Outros investimentos em avicultura atendem a Fazenda Sede da Coopeavi, a recria e comercialização de ovos, e também a construção de novos silos.

Além disso, dados das unidades estratégicas de negócio da Coopeavi indicam aumento na produção de ração e na venda de caixas de ovos e ovos pasteurizados. Em 2017, a cooperativa comercializou um volume 24,5% a mais que em 2016 e registrou aumento de 8,4% na venda de caixas de ovos, com 30 dúzias cada, e 10,1% de ovos pasteurizados.

Para o gerente executivo de produção da Coopeavi, Luís Carlos Brandt, o funcionamento pleno do Condomínio Avícola impactou nos resultados, beneficiando todos os avicultores ligados à cooperativa. “A perspectiva é o Condomínio continuar a ampliar a participação nos negócios da cooperativa. Os custos de fabricação e transporte de ração foram reduzidos para os produtores, mesmo os não cotistas, devido ao volume demandado pelo Condomínio”, afirma.

O mesmo ocorre na fábrica de ração da cooperativa. De acordo com Brandt, o Condomínio Avícola participa de pelo menos 20% do volume de ração demandado para a fábrica. “Esse volume de ração acaba por diluir todo o custo fixo isso da ração produzida, acaba por gerar a todos os avicultores associados à Coopeavi”, conclui o gerente.

Fonte: Avicultura Industrial

Deixe uma resposta