Cooperativa projeta investimentos de R$ 200 milhões no Oeste

A Cooperativa Agroindustrial Alfa (Cooperalfa), que nesta terça-feira fez uma festa para 16,3 mil associados durante a Efapi, em Chapecó, projeta investimentos de R$ 200 milhões para os próximos anos. Pelo menos R$ 50 milhões já deverão ser investidos no próximo ano, projetou o presidente da cooperativa, Romeo Bet. Uma nova fábrica de óleo de soja bruto e farelo de soja será construída na linha Tomazelli, em Chapecó, que vai aumentar a produção de 715 toneladas/dia para duas mil toneladas/dia. Também será instalada uma nova fábrica de milho extrusado, que é base para ração, que vai quadruplicar a capacidade atual, que é de 40 toneladas por dia. Está prevista ainda uma nova fábrica de ração. Cerca de 60 funcionários serão contratados. A Cooperalfa também seguirá expandindo a área de atuação para diluir custos. Atualmente opera em 147 municípios do Sul e Mato Grosso do Sul.

Crescimento no Rio Grande do Sul

Neste ano a Cooperalfa ampliou sua atuação no Rio Grande do Sul. E já conta com 1,3 mil associados gaúchos. O recebimento de leite em Erechim, já passou de 20 mil litros/dia para 80 mil litros/dia, segundo o vice-presidente Cládis Furnaletto.

Agricultores capitalizados

Os agricultores do Oeste Catarinense estão capitalizados. Um indicativo é que 40% da safra não foi comercializada. Somente na Cooperalfa estão depositados quatro milhões de sacas de milho e três milhões de sacas de soja.

Deixe uma resposta