Custo Operacional Efetivo da avicultura sobe 2,4% no primeiro quadrimestre de 2016

Levantamento realizado pelo Cepea, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil ( CNA), mostra que o Custo Operacional Efetivo (COE) da avicultura brasileira subiu 2,44% no acumulado do primeiro quadrimestre de 2016 e o Custo Operacional Total (COT), 1,62%, considerando-se a “média Brasil”, que engloba os estados de Minas Gerais (MG), São Paulo (SP), Mato Grosso (MT), Mato Grosso do Sul (MS), Bahia (BA) e Goiás (GO).

Os desembolsos com mão de obra aumentaram, na “média Brasil”, 7,55% nos quatro primeiros meses deste ano, para avicultores que atuam no sistema de produção integrado, predominante no setor. O desembolso com serviços terceirizados também cresceu, 3,77%. As despesas administrativas, por sua vez, tiveram alta de 3,24%, impulsionadas pelos maiores gastos com contabilidade, material de escritório, seguro, entre outros.

Já os gastos com combustíveis tiveram aumento de 1,59%, também no acumulado do primeiro quadrimestre. De janeiro de 2014, início dos levantamentos de custos de aves realizados pelo Cepea/CNA, a abril de 2016, as cotações dos combustíveis subiram, em média, 25%.

Leia o artigo na íntegra: CEPEA

Fonte: Notícias Agricolas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *