Mato Grosso do Sul aumenta em 31% produção de suínos

A produção do complexo carnes (bovina, suína e de frangos) subiu em Mato Grosso do Sul, de acordo com os dados da Unidade Técnica do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, publicados nesta quinta-feira (22/02).

Para a analista técnica da instituição, o resultado mais expressivo foi verificado na suinocultura. “No mesmo comparativo, a produção de carne suína aumentou 31,8%, totalizando 15,2 mil toneladas, com isso, o preço caiu 8,2% em janeiro de 2018 em relação a janeiro de 2017”.

Os embarques internacionais de carne suína acumularam, em janeiro deste ano, 928 toneladas, com alta de 37% no comparativo com o ano anterior, sendo que Hong Kong, unidade administrativa da China, foi responsável por 83% do volume negociado.

Preço médio do suíno

O preço médio do suíno vivo, no Mato Grosso do Sul, em janeiro, foi cotado a R$ 3,70/kg, estável quando comparado a dezembro/2017 e retração de 8,2% em relação aos R$ 4,03 do igual período de 2017. A cotação da carcaça casada foi R$ 7,90/kg, a valorização de 8,37% em relação ao mês de dezembro e elevação de 4,77% frente aos R$ 7,54/kg de janeiro deste ano.

Abate

Dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento registram que Mato Grosso do Sul produziu 15,2 mil toneladas de carne suína em janeiro/2018 e abateu 160 mil animais. Houve aumento de 31,76% na produção considerando que em janeiro/2017 foram produzidas 11,5 mil toneladas e 24,45% em animais abatidos.

Fonte: Suinocultura Industrial

Deixe uma resposta