Tempestade castiga o Corn Belt e estima perdas de 700 mil t de milho

Uma severa tempestade chegou ao Corn Belt nesta terça-feira (11) e causou muitos estragos em lavouras de soja e milho, principalmente nos estados de Iowa e Illinois, os dois maiores estados produtores de grão dos Estados Unidos.

“A tempestade  causou o achatamento de plantações, conforme fotos que circulam na internet. A ARC Mercosul calcula que foram perdidos de 700 mil a 1,2 milhão de toneladas de milho. O que é gigante para produtores de Iowa e Illinois, mas não fará diferença na produção nacional”, explicam os diretores da ARC Mercosul em seu reporte Chicago Diário.

Milho Estados Unidos

De acordo com informações da Radio Iowa, embora os prejuízos ainda estejam sendo contabilizados, estima-se que 43% da safra de milho e soja de Iowa em 2020 foi danificada pelo fenômeno climático chamado Derecho. Cerca de 4 milhões de hectares foram danificados, segundo o governador do estado, Kim Reynolds, o que representa quase um terço dos 12,5 milhões de hectares cultivados.

“É incrivelmente devastador ver o que está acontecendo com as plantações e estruturas ao longo do caminho da tempestade”, disse o secretário de Agricultura de Iowa, Mike Naig ao portal Star Tribune.

Os ventos chegaram a alcançar 160 km/h e provocaram perdas de silos, acamamento de lavouras praticamente prontas para serem colhidas e deixaram centenas de milhares de pessoas sem eletricidade. Partes do Nebraska e de Wisconsin também foram atingidas.

As imagens a seguir, da agência AP, são da cidade de DesMoines, capital de Iowa:

Tempestade em DesMoines - Agosto 2020

Tempestade em DesMoines - Agosto 2020

 

Tempestade em DesMoines - Agosto 2020

Tempestade em DesMoines - Agosto 2020

“Os danos aos campos variam de perda total a insignificante. A maioria das lavouras tentará ficar em pé novamente, mas espera-se que o enchimento de grãos seja impactado em vários níveis”, afirma, no Twitter, o economista chefe de commodities do grupo StoneX, Arlan Suderman. “Ainda há muito a contabilizar”, completa.

Milho acamado nos EUA - Tempestade agosto 2020

Foto: Twitter – Whitecorn

Milho acamado nos EUA - Tempestade agosto 2020

Foto: Twitter – Keith Buttler

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *