Tendências de alimentação na EuroTier 2018

      Nenhum comentário em Tendências de alimentação na EuroTier 2018

A maior feira mundial de produção animal apresentará as últimas tendências em alimentação Novas tecnologias de ração e ingredientes alternativos

Os alimentos são um dos insumos mais caros na produção animal, por isso não é surpresa que os produtores estejam interessados ??em qualquer desenvolvimento que reduza seus gastos, seja oferecendo novos alimentos de baixo custo, ou ajudando na eficiência alimentar. Na EuroTier 2018, a principal exposição mundial de produção animal, os visitantes poderão ver os mais recentes desenvolvimentos de alimentação no mercado e também falar com os fabricantes sobre os produtos que estão sendo desenvolvidos para o futuro.

Na área de nutrição, no evento deste ano, é onde os visitantes podem se familiarizar com alimentos novos e incomuns. Com o foco para a nutrição animal, o local é ideal para lidar com questões importantes enfrentadas por aqueles que estão envolvidos nesta parte da agroindústria. A segurança alimentar, a qualidade dos alimentos e as questões relacionadas à segurança das matérias-primas são sempre de interesse de todos os pecuaristas e fabricantes de rações, e eles estão igualmente interessados ??em ouvir sobre o desenvolvimento atual dos produtos e as tendências de alimentação.

Discussões continuam sobre a sustentabilidade da produção pecuária, e se as culturas que poderiam ser usadas para alimentar a população humana, deveriam ser alimentadas com animais. O uso de antibióticos na pecuária permanece sob os holofotes, assim como a preocupação com o descarte de esterco animal, minimizando seu efeito sobre o meio ambiente. Os desenvolvimentos que terão impacto em todas essas questões estarão em pauta na EuroTier 2018.

Com mais de 163.000 visitantes e 2.600 expositores em 2016, a feira EuroTier, que acontece este ano de 13 a 16 de novembro no Centro de Exposições de Hanover, na Alemanha, é amplamente reconhecida como a maior exposição mundial para produção animal.

Fonte: Suinocultura Industrial

Deixe uma resposta