Vai viajar e não sabe com quem deixar seu pet?

      Nenhum comentário em Vai viajar e não sabe com quem deixar seu pet?

Em Nova Friburgo, a procura por serviços de hotéis e cuidadores de animais é grande

Vai viajar e não sabe com quem deixar seu pet? Hotéis e cuidadores podem ser a solução

Instalação com acomodação individual do canil Cães e Gatos Hotel, no Cônego | Foto: Divulgação/Canil Cães de Gatos

As férias estão chegando e se você vai viajar e não tem com quem deixar o seu cachorro ou o seu gato, Nova Friburgo oferece opções de hotéis e também de cuidadores que vão até à residência cuidar do seu pet. E a busca é tamanha que os serviços já estão praticamente esgotados.

Segundo a cuidadora Sônia Coutinho, do Canil Cães e Gatos Hotel, neste período de férias a procura aumenta. Para o Natal, só há uma vaga, e para o ano novo, já estão esgotadas. “A maioria dos clientes que procuram o serviço é de Friburgo, mas que também aparecem do Rio de Janeiro, Juiz de Fora e de Rio das Ostras”, diz.

Próximo a uma área verde, o canil está localizado na entrada do Garrafão, no Cônego, e oferece há 20 anos o serviço de hotelaria pra cães e gatos, com sete canis e gatis com acomodações individuais. Mas se forem da mesma família, os donos também podem optar em hospedar os animais juntos.

“Este fim de ano tenho cinco gatos de um mesmo dono, que optou por hospedá-los juntos. Para hospedar gatos, além da carteira de vacinação, exijo sempre os exames FIV (AIDS) e FELVS (Leucemia) negativos, para que os donos saibam que não teve hospedado nenhum gato infectado”.

Sônia diz que, para abrigar o animal, é preciso que o dono apresente a caderneta de vacinação atualizada, tem de ter feito o uso obrigatório mensal de repelente contra pulgas e carrapatos, e ter usado vermífugo dentro da validade. A ração, as vasilhas e a cama devem ser trazidas pelo dono para ajudar na adaptação. A diária sai a R$75 para cães e R$ 60 para gatos.

Para Rafaela Gripp, cliente do hotel, a experiência com o serviço foi positiva. “Meu cachorro nunca ficava no hotel, deixava sempre com minha mãe, mas precisei deixa-lo por dez dias. A experiência foi maravilhosa, pois a cuidadora Sônia torna a adaptação dos bichinhos tranquila. Ela é super carinhosa, paciente e atenciosa”, afirma.

Cuidadora vai até a residência

A jornalista Bruna Chapeta conta que a ideia de tomar conta de cães e gatos, indo até a residência onde já estão adaptados com suas acomodações, começou quando ela cuidou de um cachorro em sua casa.

“Depois que fiquei com um cachorro de um amigo da minha amiga de Cordeiro, ela me incentivou a começar a trabalhar com o que eu amava, e eu topei”.

Bruna vai até duas vezes em seis residências por dia e diz que, para este período de férias, também não há vagas. O serviço do “Pett Care” é sempre feito de acordo com o combinado com os donos em relação à rotina do animal. “Levo o cão para passear, dou comida, água, remédio”, diz. Para receber esses cuidados, o animal também precisa estar com as vacinas em dia e ter o contato de um veterinário para casos de emergência. Além disso, Bruna também manda fotos e vídeos diariamente para os donos.

A diária de visita custa R$ 45. Em sua casa, ela também disponibiliza hospedagem, com um ajudante, mas somente para cães de pequeno porte, no valor de R$ 60

Fonte: Portal Multiplix

Deixe uma resposta