Viagens, sonhos em construção.

      Nenhum comentário em Viagens, sonhos em construção.

Quando fui convidada para escrever um artigo para o PortalR2S fiquei pensando como poderia contribuir. Sempre que entro no Portal uma aba me chama a atenção, a Caxeiro Viajante.

Caixeiros-Viajantes foram pessoas que sonhavam com uma vida melhor, que procuravam uma forma de ganhar dinheiro, faziam a ligação das grandes cidades com as pequenas no interior dos estados. Como era a vida dessas pessoas em uma época em que as distâncias eram vencidas lentamente? Como eram essas viagens? Com que sonhavam esses viajantes?

Viagens, sonhos em construção, esse é o tema!

Muitas vezes viajamos sem sair do lugar onde estamos.

Temos o anseio de viver novas experiências, viajamos no sonho de realizar projetos, alcançar objetivos, realizar tarefas, alcançar uma promoção, sermos melhores, melhores no que fazemos e em como agimos. Viajamos na “maionese”.

Uma viagem requer planejamento, uma direção, começo, meio e fim. Precisamos estar preparados para rever o cronograma, mudar a direção, dar algumas paradas, acertar a rota e recomeçar.

Não sei para vocês  mas pra mim o percurso em uma viagem é sempre muito prazeroso. Por mais distante que seja o destino, o objetivo, o projeto o caminho é sempre muito interessante. Olhamos para fora e reconhecemos as oportunidades, nos deparamos com outras possibilidades.

Vamos voltar no tempo e nos colocarmos no lugar daqueles Caxeiros-Viajantes que eram ansiosamente esperados nos lugarejos. Eram figuras importantes, traziam novidades, apresentavam seus produtos com muita propriedade, como especialistas.

Quantas dificuldades foram enfrentadas naquele tempo!

Hoje temos tantas ferramentas a nosso favor, a tecnologia que nos mostra maneiras mais fáceis de desenvolver um projeto, de alterar uma rota. Não precisamos reinventar a roda, muito dos projetos com os quais sonhamos já foram desbravados por outras pessoas e o que vai fazer a diferença é a nossa maneira de conduzir, nosso tempero pessoal. São os detalhes pessoais que fazem a diferença no final.

Tudo depende de um bom planejamento, de organização, de tempo, de um plano de ação e muitas vezes de boas companhias, sejam elas a família, amigos, sócios, colegas de trabalho, pessoas engajadas, que tenham os mesmos interesses, que acreditam na proposta, que estão preparadas e envolvidas.

O projeto é seu,  chame pra sua viagem pessoas em quem acredita.

Contagie, explore os potenciais, coloque-se à frente. E mesmo que tenha algum problema, reveja o que deu errado, aprenda com os erros e recomece.

Trabalhe, dedique-se ao que você acredita, acreditar é o primeiro passo para um grande projeto.

Os momentos que nos damos, emoções que escolhemos sentir, trajetos que resolvemos pegar é que podem dar sentido aos nossos dias.

“Bora” viajar, sonhar, projetar coisas boas, tomar a rédea de nossas vidas.

Estamos sempre aprendendo, estamos sempre em construção ou reforma.

Um grande abraço!

Coach Márcia Helena Pereira de Resende

 

Deixe uma resposta