Vigilância Sanitária alerta sobre alimentos retidos na greve dos caminhoneiros

Vigilância Sanitária alerta sobre alimentos retidos na greve dos caminhoneiros Felipe Carneiro/Diário Catarinense

Foto: Felipe Carneiro / Diário Catarinense

Depois de 10 dias de paralisações dos caminhoneiros, os serviços são retomados em Santa Catarina. Com o reabastecimento e volta dos produtos às prateleiras, consumidores devem ficar atentos ao estado das mercadorias, alerta a  Diretoria de Vigilância Sanitária de Santa Catarina.

A diretora da Vigilância Sanitária estadual, Raquel Ribeiro Bittencourt, explica que até esta sexta-feira não houve denúncias em relação a alimentos estragados no Estado em função da greve, mas o alerta continua:

— É preciso verificar se esses alimentos foram congelados e descongelados. Quando isso ocorre, há sinais claros na embalagem. Essa prática pode colocar em risco a saúde dos consumidores por permitir crescimento de bactérias e produção de toxinas

A Vigilância Sanitária ainda alerta os consumidores para que sejam observadas alterações nos alimentos. Durante as compras é necessário verificar se há indícios de violações físicas da embalagem, se alimentos resfriados apresentam alterações de cor ou odor desagradável.

Fonte: DC Clicrbs

 

Deixe uma resposta