Passeio Virtual – XII – Linha de Premix

      Nenhum comentário em Passeio Virtual – XII – Linha de Premix

Eng. Rafael Resende Silva

Uma das inovações mais interessantes dentro da fábrica de ração são as automações que agilizam e reafirmam os processos de qualidades dentro das plantas produtivas.

E uma das automações mais importantes dentro das fábricas de ração foi o da linha de premix, por três motivos:

1) Os componentes de um premix tem que ser minuciosamente dosados para evitar que haja uma contaminação em animais e que a função do promotor nutricional possa ser absorvido com perfeição.

2) Com a dosagem interna dos premix as empresas conseguiram reduzir aproximadamente, em torno de 15% o custo de produção, pois retirou dois atravessadores, importador das matérias primas que na maior parte são proveniente da China e EUA, e a etapa de processamento (mistura, ensaque e frete).

3) Fator erro humano, somos passiveis de erros, principalmente quando estamos emocionalmente/fisicamente abalados, e uma dosagem a mais ou a menos e uma formulação pode comprometer não só o custo como o desempenho no campo.

Fora isso a grande contribuição foi que as empresas que estão formulando o seu próprio premix tem a real certeza de que tudo aquilo que ele formulou estará dentro da sua ração.

Mas antes que esse sistema viesse fazer parte do nosso cotidiano, algumas empresas começaram a utilizar o que chamamos de carrossel.

Para quem não conhece o carrossel é um sistema onde várias caixas são dispostas em um sistema giratório, e em cada caixa temos uma matéria prima, conforme codificação liberada pelo PCP das empresas, essas caixas são liberadas para que o operador possa fazer a pesagem manual dos componentes.

Nesse Link abaixo deixo um vídeo de uma empresa especializada nesse sistema de dosagem.

Carrossel Premix – AGPR5

Mas como evoluímos a passos muito largos, em pouco tempo nossa demanda de produção subiu e nos vimos em uma situação onde era necessário aumentar a produção por hora e ter mais qualidade no trabalho que já estava em execução.

Como base no que é  visto em feiras espalhados por todo o Brasil e no mundo, aos poucos essa linha foi nascendo com uma perspectiva interessante, em que tudo aquilo poderia se transformar no futuro.

E assim em meados de 2017 fechamos o primeiro sistema de dosagem, ainda com alguma melhorias a serem realizada, mas de qualquer forma não podemos deixar de ressaltar que todo o produto se comporta bem com esse produto.

Grande parte dessas fábricas hoje já possuem alguns tipo de dosagem de premix. uns totalmente manual, onde a empresa pesa as quantidades de cada matéria prima e isso pode ocorrer do  funcionário errar alguma pesagem, por desatenção e no final do processo, o estoque irá ter menos insumos do que se tem programado e isso pode gerar um enorme rombo no caixa.

E se colocarmos essas diferentes na ponta do lápis conseguimos viabilizar um projeto de automação em pouco tempos, principalmente para grandes empresas que precisam de grandes volumes de dosagem de premix.

Pessoal espero que vocês tem tenham gostado, pois cada vídeo é feito pensando nas pessoas que que tem as linhas aéreas de dosagem e que pretendemos aumentar no futuro.

Eng. Rafael Resende Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *